Jornal Oportunidades
  O seu portal de bons negócios!  
  Terça-feira, 25/09/2018  
  Incluir Classificado  
  Quem somos  
  Fale com o editor  

 

O SAPATO DE 50 REAIS

Publicado em 10/09/2018

 

Prezados leitores, há alguns meses recebi uma mensagem do meu amigo Renato que atualmente é diretor de uma escola pública. Na mensagem, ele me solicitava explicação para o problema da compra de um sapato por 50 reais, cuja historinha narro abaixo.
Um homem entra em uma loja e vê um belo par de sapatos por 50 reais. Ele vai para casa, pega 25 reais emprestados com sua filha mais velha, 25 reais com sua filha mais nova e retorna à loja. Antes de pagar pelo sapato, ele pede um desconto ao vendedor. O vendedor consulta o gerente, que concede 5 reais de desconto.  O homem, então, paga 45 reais, pega o sapato e vai embora.
No caminho para casa, ele encontra um amigo, que lhe pede 3 reais emprestados. Ele empresta a quantia solicitada e volta para casa com 2 reais. Para diminuir sua dívida, ele pega os 2 reais restantes e dá 1 real para cada filha.
Após tudo isso, ele registra no papel tudo que aconteceu e surpreende-se, porque os 50 reais acabaram virando 51 reais. Seu raciocínio: cada filha me emprestou 25 reais, mas eu devolvi 1 real a cada uma; logo, devo 24 reais para ambas. Somando-se minha dívida com cada filha e os três reais que emprestei para meu amigo, tenho: 24 + 24 + 3 = 51 reais! De onde apareceu esse real a mais???
Esse é um erro muito comum quando não se leva em consideração o que significa cada parcela da operação. Não se pode somar as três parcelas como feito anteriormente.
Vamos chamar as quantias que o homem deve para suas filhas de débitos. Por serem débitos, vamos atribuir-lhes o sinal negativo; logo, se o homem deve 24 reais para cada filha, sua dívida deve ser assim representada: – 24 – 24 = – 48.
Em contrapartida, ele tem a receber 3 reais do amigo a quem ajudou. Vamos chamar essa quantia de crédito e representá-la com o sinal positivo: + 3.
Agora podemos efetuar a operação aritmética correta: – 24 – 24 + 3 = – 45. Que significa esse resultado? É o valor final da dívida do homem (descontados os 3 reais que ele tem a receber), que equivale ao valor pago pelo sapato.
É fácil observar que se trata de uma questão simples que não necessita de grandes conhecimentos matemáticos.
Enviei a solução para Renato, meu amigo há mais de trinta anos, desde os tempos do nosso saudoso grupo de jovens J. N. M. C. (Jovens do Novo Mundo de Cristo). Para minha surpresa, veja abaixo a resposta ipsis litteris de Renato:
- “Cara! Vc é um astro! Único q conseguiu me convencer. Todos os professores aqui deram umas respostas sem lógica”.
Desconsiderando o elogio que ele fez à minha pessoa (opinião de amigo quase sempre é suspeita), fiquei espantado com o fato de que nenhum de seus professores conseguiu explicar-lhe a solução para o problema.
Depois de tantos anos sem os devidos cuidados com a educação pública brasileira, infelizmente, não poderíamos esperar outra coisa. No início de 2018, o Banco Mundial divulgou um relatório no qual está registrado que o Brasil está setenta e cinco anos atrasado no ensino da Matemática em relação aos países mais desenvolvidos do mundo. Triste realidade!
Levei o problema do sapato para meus alunos na faculdade e, como eu já esperava, ninguém foi capaz de explicar a solução. Triste realidade!
Amigos leitores, até o próximo texto, se Deus quiser!
Um abraço!

Ramos

Entre em contato   Recomende   Imprimir


Colunas Anteriores

06/08/2018 - UM MILHÃO NA TELEVISÃO

04/07/2018 - O CURIOSO RESULTADO DO CONCURSO 2052 DA MEGA-SENA

01/06/2018 - MATEMÁTICOS CONTEMPORÂNEOS

26/04/2018 - GRANDES MATEMÁTICOS DA HISTÓRIA

26/03/2018 - TAREFAS DE SELEÇÃO DE WASON

Veja mais...